segunda-feira, 26 de julho de 2010

AMO AO SENHOR








"Amo ao Senhor..." (Salmo 116:1)

Que cada um de nós, que fomos
alcançados por seu eterno amor (Jr 31:3),
digamos como bem disse o salmista: "AMO AO SENHOR"



1. AMO AO SENHOR PORQUE ELE ME AMOU PRIMEIRO

1 Jo 4:19 "Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro."

2. AMO AO SENHOR PORQUE NINGUÉM TEM MAIOR AMOR DO QUE ELE

Jo 15:13 "Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos."

3. AMO AO SENHOR POR ISSO GUARDO A SUA PALAVRA

Jo 14:23 "...Se alguém me ama, guardará a minha Palavra, e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada

4. AMO AO SENHOR PORQUE NÃO AMO O MUNDO

1 Jo 2:15 "Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele."

5. AMO AO SENHOR POR ISSO AMO A MEUS IRMÃOS

1 Jo 4:11 "Amados, se Deus assim nos amou, também nós devemos amar uns aos outros."


6. AMO AO SENHOR , POR ISSO NADA ME SEPARA DE SEU AMOR

Rm 8:35, 38,39 "Quem nos separará do amor de Cristo ? A tribulação, ou a angústia, ou a perseguição, ou a fome, ou a nudez, ou o perigo, ou a espada ?
Porque eu estou certo de quem nem a morte, nem a vida, nem os anjos, nem os principados, nem as potestades, nem o presente, nem o porvir,
Nem altura, nem a profundidade, nem alguma outra criatura nos poderá separar do amor de Deus, que está em Cristo Jesus, nosso Senhor!"

7. AMO AO SENHOR, PORTANTO POSSO TRABALHAR EM SUA OBRA

Jo 21:15 "E, depois de terem jantado, disse Jesus a Simão Pedro: Simão filho de Jonas, amas-me mais do que a estes ? Ele respondeu: Sim, Senhor; tu sabes que te amo.
Disse-lhe: Apascenta os meus cordeiros."

É significativo considerar a partir deste texto bíblico, que eu só posso ser um
verdadeiro pastor, se eu atender esta condição prioritária: AMAR AO SENHOR.

No Amor de Cristo,

Pastor Marcos Antonio


terça-feira, 20 de julho de 2010

VIVA O TEXTO SEM ESQUECER O CONTEXTO

  • Grande é o número daqueles que tomam textos isolados da Bíblia, e o transformam em bandeira de uma interpretação incorreta, algumas vezes, gerando modismos teológicos; que por serem "novidade", sempre atraem muita gente.
  • Usar o texto sem olhar o contexto é sem dúvida um grande passo para se criar um pretexto.
  • Pretextos de toda ordem, que tem como proposta a benção imediata, vitória sem lutas, providencia sem provações, caminhada sem dores e sem inimigos.

Chamo a vossa preciosa atenção para o seguinte tema:
VIVENDO O TEXTO SEM ESQUECER O CONTEXTO

.1. TEM TEFÚGIO - MAS, TEM TEMPESTADE- Sl 46:1-4

v.1 - Deus é o nosso refúgio e fortaleza, socorro bem presente na angústia.
v.2 - Pelo que não temeremos, ainda que a terra se mude, e ainda que os montes se transportem para o meio dos mares.
v.3 - Ainda que as águas rujam e se perturbem, ainda que os montes se abalem pela sua braveza.
v.4 - Há um rio cujas correntes alegram a cidade de Deus, o santuário das moradas do Altíssimo.
v.5 - Deus está no meio dela, não será abalada; Deus a ajudará ao romper da manhã.

  • A verdade de estarmos abrigados em Deus não nos isenta das tempestades da vida. Mas, por maior que seja a tormenta, o maremoto, o terremoto na existencia, sabemos que seguros estamos em nosso Refugio e Fortaleza.

2. TEM BANQUETE E TEM UNÇÃO - MAS, TEM INIMIGOS- Sl 23:5

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.
  • Que lugar estranho para Deus nos preparar um banquete...No meio de uma guerra... Mas, no aceso da batalha, Ele, o Senhor prepara-nos uma farta mesa e ainda derrama sobre nossa cabeça, o óleo de sua Unção.

3. TEM PROVISÃO - MAS, TEM PROVAÇÃO- Fp 4:11-13,19

v. 11,12 - Não digo isto por necessidade, porque já aprendi a contentar-me com o que tenho.
Sei estar abatido e sei também ter abundancia; em toda maneira e em todos as coisas, estou instruído, tanto a ter fartura como a ter fome, tanto a ter abundancia como a padecer necessidade.
v. 13 - Posso todas as coisas nAquele que me fortalece.
v.19 - O meu Deus, segundo as suas riquezas, suprirá todas as vossas necessidades em glória por Cristo Jesus.
  • A falsa doutrina do triunfalismo preconiza em alto e bom som, a invensibilidade dos cristãos, tendo como texto chave Filipenses 4:13 - Tudo posso nAquele que me fortalece. Só que os triunfalistas se esquecem do contexto, onde Paulo não omite a fome, as necessidades, a carestia e o abatimento. Vivamos este áureo texto em sua plenitude, pois em Cristo tudo podemos - mas, jamais esqueçamos do contexto de provas e privações, que visam nos aperfeiçoar e nos dar maturidade espiritual.
4. TEM ANJOS - MAS, TEM FERAS- Mc 1:13

E vivia entre as feras, e os anjos o serviam.
  • Consideremos que todos nós crentes em Jesus, que estamos na Verdade, como Igreja do Senhor, somos por Ele guardados e protegidos. A Palavra declara que Ele dá ordens aos anjos a nosso respeito para que eles nos guardem (Salmo 91:11,12) e também diz que eles acampam ao redor daqueles que tem a Deus (Sl 34:7); mas, isto não nos livra do deserto da vida: Onde tem anjos, mas também tem feras (Mc 1:13)

5. TEM GRAÇA - MAS, TEM ESPINHO- 2 Co 12:7-9

v.7 - E para que me não exaltasse pelas excelencias das revelações, foi-me dado um espinho na carne, a saber, um mensageiro de satanás, para me esbofetear, a fim de não me exaltar.
v. 8 - Acerca do qual tres vezes orei, ao Senhor, para que desviasse de mim.
v. 9 - E disse-me: A minha graaça te basta, porque o meu poder se aperfeiçoa na fraqueza...
  • A graça não nos livra dos espinhos, mas podemos dizer diante dos espinhos que nos ferem no caminho: - Tem espinho, mas tem Graça.
Pastor Marcos Antonio

domingo, 18 de julho de 2010

As 5 coisas que o diabo não pode

"AS 5 COISAS QUE O DIABO NÃO PODE"


Danbury - Connecticut - USA
A.D Philadelphia



parte I

parte II

parte III

parte IV

parte V

sexta-feira, 16 de julho de 2010

ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO

"E não vos embriagueis com vinho, em que há contenda, mas enchei-vos do Espírito." (Efésios 5:18)

Introdução:
  • Viver na plenitude do Espírito Santo é o desejo de Jesus para sua Igreja - João 7:37-39
  • Viver na plenitude do Espírito fala de cabeça ungida (mente renovada) e cálice transbordante (coração cheio de alegria e poder) - Salmo 23:5
  • Viver na plenitude do Espírito é a condição principal para sermos testemunhas de Cristo - Atos 1:8
O apóstolo Paulo ao exortar os cristãos de Éfeso (Efésios 5:18 - ENCHEI-VOS DO ESPÍRITO), leva-nos para quatro verdades maravilhosas (que estão implicitas no texto a partir do verbo):


1. O VERBO ESTÁ NO IMPERATIVO - "Enchei-vos"
  • Imperativo - forma verbal que exprime uma ordem
  • Biblicamente - é imperativo em nossa vida cristã, que sejamos cheios do Espírito
  • É imperativo - porque Jesus assim ordenou - Lucas 24:49
2. O VERBO ESTÁ NO PLURAL - "Enchei-vos"
  • Enquanto o singular exprime um ser, o plural indica mais de um
  • Neste texto o verbo encher está no plural, e revela que o Espírito de Deus é para todos os que desejam - João 7:37
  • É desejo de Deus que todos sejam cheios do Espírito - Atos 2:3

3. O VERBO ESTÁ NO PRESENTE - "Enchei-vos"
  • O glorioso Batismo no Espírito Santo não foi uma benção que ficou restrita ao período Apostólico - Atos 2:1-4, 16-18, 37-39
  • Estamos vivendo a presente Dispensação do Espírito Santo - 2 Coríntios 3:8
  • Sejamos cheios do Espírito hoje meus irmãos - Lucas 11:13

4. O VERBO ESTÁ NA VOZ PASSIVA - "Enchei-vos"
  • Esta classificação gramatical apresenta o sujeito do verbo como inativo. E o que significa isto ? Significa que o sujeito recebe a ação expressa pelo verbo.
  • O ser cheio do Espírito Santo, não depende de nós, não é obra humana, é operação divina - At 19:1-6
  • Nos submetamos a ação gloriosa do Espírito, e sejamos cheios de toda a plenitude de Deus - Efésios 3:19

Meu pequeno testemunho:

Aproximadamente 32 anos atrás (ainda um adolescente), comecei a buscar o Batismo no Espírito Santo em oração.
Lembro-me que com mais tres irmãos, nos reunimos para orar por toda madrugada para que o Senhor derramasse sobre nós seu Espírito. Iniciamos a orar por volta das 11 da noite naquele sábado, e nesta busca fomos até 'as 5 horas da manhã. Durante esta vigilia, não fui batizado, mas não desanimei, pois sentia que a benção da plenitude estava perto.
Fui até minha casa, dormi um pouquinho e retornei ao templo para a escola bíblica dominical, no ardende desejo de ser batizado no Espírito Santo. Não fui batizado na escola dominical - mas prosseguia animado (parecia estar já ouvindo o barulho de uma cachoeira caudalosa - sabia que estava perto...).
Ao chegar ao culto 'a noite, assentei-me no primeiro banco, bem defronte ao púlpito. O culto transcorria cheio da Glória de Deus; congregação pequena (por volta de 30 irmãos - pessoas simples, materialmente sem recursos, alguns analfabetos; mas um povo querido que amava Jesus). Quando toda a igreja levantou-se para orar para o término do culto, disse comigo:
- Senhor, o culto vai terminar...eu estou te buscando a tantas horas...tenha misericórdia de mim...me fortalece e me batiza com teu Espírito Santo!..."
Imediatamente, tive a uma visão: "Uma pomba muito alva, cheia de esplendente luz, pairava sobre a cabeça do dirigente do culto (irmão Antonio - de saudosa memória), em seguida ela saiu sobrevoando os irmãos que estavam orando, em ato contínuo, volta ao púlpito, e paira outra vez sobre o dirigente. Em seguida, como um tiro certeiro - voa rapidamente em minha direção (muito rápido mesmo) e bate na minha testa. Naquele momento, aleluia! fui batizado no Espírito Santo.
Ao compartilhar meu testemunho, desejo te estimular a buscar a Promessa do Pai (Atos 1:4,5).
Que Deus ricamente te abençõe e derrame sobre ti o óleo fresco (Salmo 92:10)

Pastor Marcos Antonio

sexta-feira, 9 de julho de 2010

CANTARES E SEUS SERMÕES - Novo livro do pastor Marcos Antonio da Silva

Palavra do Pastor Elienai Cabral

A homilética é a arte da pregação e desenvolver o livro de Cantares em sermões implica em outra arte: a arte de dar à mensagem poética e metafórica de Cantares uma Tipologia bíblica o que trouxe a lume um sentido especial relativo à igreja e à sua relação com Cristo.
A poesia de Salomão em Cantares é explícita, mas é pura na sua finalidade. Os eruditos judeus entendem que todo o enredo amoroso poeticamente escrito retrata de modo alegórico o amor entre Deus e Israel, o seu povo. Outros entendem que se trata de uma celebração de amor de Salomão e sua mulher amada, fortalecendo assim o casamento.
Na visão cristã, a mensagem de Cantares como uma profecia codificada é compreensível somente para aqueles que tem olhos para ver e entendimento para decifrar os mistérios de Deus. Neste caso em especial, sob a forma tipológica, Salomão demonstra seu ardente amor por uma pobre camponesa de Sulam.
Há os que mistificam exageradamente os elementos que compõem o enredo da história, onde o material se funde com o sobrenatural e acaba sendo alvo de culto. Porém, independente do sentido literal ou figurado que o texto de Cantares apresenta, este livro pode ser interpretado sem ferir a hermenêutica bíblica, como uma tipologia especial que oferece aos pregadores a riqueza de aplicar à vida cristã os seus simbolismos especiais.
O pastor Marcos Antônio soube, com eficiência homilética, dar um sentido espiritual de excelência à linguagem figurada do texto de Cantares. Os sermões criados da tipologia que o texto oferece são ricos nas suas aplicações. Naturalmente, requer dos que fizerem uso dos esboços o cuidado para que a imaginação não perca o compromisso com a verdade que o texto apresenta. O pastor Marcos é um pregador criativo e fiel à interpretação correta da Palavra de Deus e, neste livro, sua lucidez e perspicácia transcenderam qualquer especulação.
Com ousadia, o mesmo soube respeitar a mensagem do texto, aguçando o interesse pela tipologia apresentada.
Parabéns, Pr. Marcos! Que este seja a semente de outras boas obras literárias no campo da Homilética.


Pastor Elienai Cabral



CANTARES E SEUS SERMÕES

(Lançamento: Agosto de 2010)

Neste meu mais recente livro, pela bondade de Deus trago aos que amam a Palavra de Deus, uma pequena coletanea de sermões de Cantares de Salomão. (Pastor Marcos Antonio da Silva)

quinta-feira, 8 de julho de 2010

AS TRES FASES DO VINHO









"O TEU VINHO SE MISTUROU COM ÁGUA" (Isaías 1:22)









Introdução:
  • Considerai que o vinho nas Escrituras Sagradas fala de ricas lições.
  • Além de simbolizar o precioso Sangue de Cristo, também nos fala de alegria e júbilo
  • Salmo 104:15 "e o vinho que alegra o coração do homem..."
  • Isaías 1:22 - nos reporta para AS TRES FASES DO HOMEM - tão bem representadas nas tres fases do vinho: A FASE DO VINHO PURO, A FASE DO VINHO MISTURADO COM ÁGUA E NA FASE DA ÁGUA TRANSFORMADA EM VINHO.

1. A FASE DO VINHO PURO -

Esta fase representa o homem antes de pecar
  • Ele tinha plena comunhão com Deus - Gn 3:8
  • Ele tinha plena alegria e felicidade - Gn 3:8; Sl 16:11
2. A FASE DO VINHO MISTURADO COM ÁGUA -

Esta fase representa o estágio de degradação que o homem experimentou, quando o pecado entrou e o degenerou - Rm 3:23
  • O vinho da comunhão perdeu sua qualidade porque foi misturado com a água da desobediencia
  • O vinho da alegria perdeu sua qualidade porque foi misturado com a água do pecado e da morte - Rm 6:23
3. A FASE DA ÁGUA TRANSFORMADA EM VINHO

Esta fase representa a nova Vida em Cristo. A propósito Jesus Cristo inicia seu maravilhoso Ministério terreno, transformando água em vinho - Jo 2
Este seu primeiro milagre, proclamou a melhor das FASES - A FASE DA ÁGUA TRANSFORMADA EM VINHO.

  • Jesus veio transformar nossa destituição em Comunhão - Ef 2:13; Cl 1:20
  • Jesus veio transformar nossa tristeza em Alegria - Jo 15:11
Pastor Marcos Antonio