sexta-feira, 27 de novembro de 2009

UM CHAMADO 'A ANGUSTIA (Uma palavra profética para a Igreja de nossos dias) - Pastor David Wilkerson





Quando olho o cenário inteiro da religião hoje, tudo o que vejo são invenções e ministérios de homens e da carne. Eles são, sobretudo, impotentes. Não têm impacto sobre o mundo. Vejo mais o mundo vindo para dentro da igreja e impactando-a do que a igreja impactando o mundo.

Vejo a música tomar conta da casa de Deus. Vejo o entretenimento tomar conta da casa de Deus. Há uma obsessão com o entretenimento na casa de Deus e um ódio contra a correção, contra a reprovação. Ninguém mais quer ouvir sobre isto.

O que aconteceu com a angústia na casa de Deus? O que aconteceu com a angústia no ministério? Esta é uma palavra que você não quer ouvir nesta era de conforto. Você não quer ouvi-la.

Angústia significa extrema dor e aflição. As emoções ficam tão agitadas que se tornam dolorosas. Profunda dor aguda interior devido à sua condição, ao que está dentro de você ou em volta de você.

Angústia.

Profunda tristeza.

Agonia vinda do coração de Deus.

Temos uma retórica religiosa e uma conversa sobre reavivamento, mas são coisas que se tornaram muito passivas.

Toda verdadeira paixão nasce da angústia. Toda verdadeira paixão por Cristo tem origem em um batismo de angústia.

Quando você pesquisa as Escrituras, descobre que, quando Deus determinou recuperar uma situação arruinada, ele partilhou a sua própria angústia por aquilo que viu acontecer em sua igreja e em meio ao seu povo. E ele encontrou um homem de oração, tomou esse homem e literalmente o batizou na angústia.

Você encontra isto no livro de Neemias.

Jerusalém está em ruínas. Como Deus vai lidar com a situação? Como Deus restaurará a ruína?

Amigos, olhem para mim. Neemias não era um pregador. Ele era um profissional. Mas era um homem de oração!

Deus encontrou um homem que não tinha apenas um lampejo de emoção. Não apenas alguém com alguma explosão repentina de preocupação, para, em seguida, deixá-la morrer.

O que ele fez? “Assentei-me, e chorei, e lamentei por alguns dias; e estive jejuando e orando perante o Deus dos céus”.

Por que não outros homens? Por que eles não têm a resposta? Por que Deus não os usa na restauração? Por que eles não têm uma palavra?

Porque não há neles nenhum sinal de angústia.

Não há choro!

Não há uma palavra de oração!

Tudo é ruína!

Isto importa a você hoje? Não importa a todos vocês que a Jerusalém espiritual, a igreja, esteja agora casada com o mundo? Que há uma frieza que varre a terra?
Mais do que isso. Você não se importa acerca da Jerusalém que está em nossos próprios corações? Não vê o sinal da ruína que está sugando lentamente o nosso poder e paixão espirituais?

Estamos cegos para a indiferença!

Estamos cegos para a mescla que rasteja diante de nós!

Tudo o que o diabo quer fazer é começar a lutar com você.

E matá-lo!

Então você não irar mais lutar em oração!

Você não irá mais chorar diante de Deus!

Você pode assentar-se e assistir televisão, enquanto a sua família vai para o inferno!

Deixe-me perguntar-lhe:

O que acabei de dizer é que vocês estão condenados em tudo?

Há uma grande diferença entre angústia e preocupação. Preocupação é alguma coisa que começa interessar a você. Você passa a ter interesse em um projeto, uma causa ou uma necessidade.

Deixe-me lhe dizer alguma coisa que tenho aprendido durante os meus 50 anos como pregador. Se você não é nascido da angústia, se essa angústia não tiver nascido pelo Espírito Santo, tudo o que você viu e ouviu da ruína que o levou a estar de joelhos, a quebrantar-se em um batismo de angústia mediante o qual começou a orar e buscar a Deus – agora sei, oh, Deus, realmente agora sei – até que eu esteja em agonia, até que eu esteja angustiado por causa disso. E todos os nossos projetos, todos os nossos ministros, tudo o que fazemos... Onde estão os professores de Escola Dominical que choram por suas crianças porque sabem que elas não estão ouvindo e indo para o inferno?

Saiba que a verdadeira vida de oração começa no lugar da angústia!

Saiba que quando você estabelecer o seu coração para orar, Deus virá ao seu encontro e compartilhará o seu próprio coração com você.

Então o seu coração começará a clamar: “Oh, Deus, o seu nome está sendo blasfemado. O Espírito Santo está sendo ridicularizado. O inimigo tenta destruir o testemunho de fidelidade ao Senhor. E alguma coisa precisa ser feita”.

Não haverá renovação, não haverá avivamento, não haverá despertamento até que estejamos dispostos a deixar que Deus nos quebrante uma vez mais.

Amigos, está-se tornando tarde e está se tornando sério!

Por favor, não me diga... Não me diga que você está preocupado, enquanto você gasta horas diante da Internet e da televisão!

Venha!

Senhor, há alguma necessidade de se chegar a este altar e confessar:

“Eu não sou aquilo que imaginava.

“Eu não estou aonde supunha estar.

“Deus, eu não tenho o seu coração, nem a sua carga.

“Eu tenho desejado que isto seja fácil.

“Eu apenas quero ser feliz.

“Mas, Senhor, a verdadeira alegria vem da angústia.

“Não há nada da carne que nos possa dar alegria.

“Não me importa quanto dinheiro você tenha, não me importa a sua nova casa, não há absolutamente nada físico que dará alegria a você.

“Isto acontece apenas quando é realizado pelo Espírito Santo, quando você o obedece e toma par si o seu próprio coração.

“Construa muros em volta de sua família.

“Construa muros em volta do seu coração.

“Torne-se forte e invencível contra o inimigo.

“Deus, é isto que desejamos”.

quinta-feira, 26 de novembro de 2009

POTE DE MEL



















No ano de 1999, pastoreava por bondade do Senhor a querida Igreja na cidade de Allston, Massachussets, Estados Unidos. No dia de meu aniversário, vivenciei uma das experiencias mais ternas e maravilhosas de todo o meu ministério:
Ao chegar no templo, notei sobre minha cadeira um pote de mel. Perguntei ao pastor Altair Godinho (que naquele tempo era meu co-pastor):
- O irmão sabe quem esqueceu este pote de mel...
- Ninguém o esqueceu, este pote de mel é um presente de aniversario para o pastor; um presente do pastor Peterson (pastor da Igreja Congregacional americana). Respondeu-me o pastor Altair.

O precioso pote trazia nele a seguinte mensagem: "Meu querido amigo, pastor Marcos, que neste mundo de amargura, nunca te falte a doçúra."

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

O BANQUETE DA PALAVRA

Jo 21:9-13

• A experiencia vivida por Pedro, Tomé, Natanael, Tiago e João e mais dois discípulos na praia do Mar da Galiléia, revela-nos que:

Primeiro: Quando os nossos recursos se esgotam – cria-se o momento para Deus agir com poder e milagres...(pesca milagrosa, rede cheia)

Segundo: Que a manhã da benção coloca um ponto final na noite da dor, de lágrimas e sofrimento – Jo 21:3,4...............Sl 30:5

Terceiro: Que o Senhor preparou um Banquete para os seus filhos.

Chamo a sua preciosa atenção para algumas preciosas lições sobre o Banquete que Jesus serviu para os seus naquele memorável dia – que nos leva ao seguinte tema:
O BANQUETE DA PALAVRA.
Vamos a primeira lição:

1. O BANQUETE DA PALAVRA FOI PREPARADO PELO SENHOR

• Davi fala de sua alegria em participar do Banquete preparado pelo Senhor – “Preparas uma mesa mesa perante mim...” (Sl 23:5)
• Cantares 2:4, nos diz que é Ele que nos leva a sala do Banquete
• O convite não é feito por qualquer um – Mas, feito por Jesus Cristo. Aqui está a grande diferença. O convite é precioso e nobre – Vem dos lábios santos de Nosso Amado Salvador Jesus. Que lindo saber:
Que Cristo já nos preparou um manjar que nos comprou, e agora nos convida a cear. Com celestial maná, que de graça Deus te dá, vem faminto tua alma saciar. Vem cear o Mestre chama vem cear – mesmo hoje tu te podes saciar. Poucos pães multiplicou, água em vinho transformou, vem faminto a Jesus, Vem cear.


2. O BANQUETE JÁ ESTÁ PRONTO

• Quando Pedro e os demais que estavam com ele chegaram junto de Jesus na praia, tudo já estava pronto...Nada por fazer...O Senhor já tinha preparado tudo...A ceia estava pronta...Comida quentinha, prato delicioso...
• Na famosa parábola das Bodas, quando o convite foi enviado, o mesmo dizia: “Dizei aos convidados: Eis que tenho o meu jantar preparado, os meus bois e cevados já mortos, e tudo já pronto, vinde as bodas.” (Mt 22:4)
• Tudo o que precisamos para nossa edificação espiritual, instrução, consolo, conforto, inspiração, etc... Nós encontramos no Banquete da Palavra. Nada falta, o manjar é completo (2 Tm 3:16) (Jr 15:16)
• Crentes e até pregadores que não se contentam somente com Bíblia, correm sempre atrás da última novidade de modismo teológico. Lamentavelmente a Palavra de Deus não lhes é suficiente, buscam falsos recursos que nada trazem de crescimento espiritual.
• Voltemos ao Banquete da Palavra, onde nossa alma é alimentada e onde somos plenamente satisfeitos – (Mt 4:4) (Sl 119:103)

3. O BANQUETE DA PALAVRA POSSUI FOGO

• O texto bíblico em foco: João 21:9 – nos informa a respeito da presença do fogo no Banquete preparado por Jesus
• Pregadores, não esqueçam que o Banquete da Palavra tem fogo – (Jr 23:29) (Lc 24:32)
• Como pregadores não podemos dar ao povo tres tipos de comida:
a) comida seca – que não tem o óleo do Espírito
b) comida velha – que não tem o poder da renovação do Espírito
c) comida fria – que não tem o fogo do Espírito


4. O BANQUETE DA PALAVRA TEM PEIXE E PÃO

• Vez por outra sou indagado por irmãos a respeito de como saber quando um avivamento é verdadeiro em uma igreja. Principalmente respondo aos mais afoitos, quando estes me dizem: - Pastor, lá em tal lugar tem muito fogo...a gente pisa na brasa pra lá e pra cá...
• Sempre tenho respondido da seguinte maneira: - “Meu irmão, dá uma olhada, se sobre as “brasas” tem peixe e pão...
• Muita gente se engana redondamente a respeito – imaginam que avivamento só traz fogo e brasas.
• O verdadeiro Avivamento, é bíblico – que traz sempre sobre as brasas: peixe e pão – “Logo que saltaram em terra, viram ali brasas, e um peixe em cima, e pão.” (Jo 21:9)

Pastor Marcos Antonio da Silva

segunda-feira, 16 de novembro de 2009

HOMILÉTICA (Introdução)

HOMILÉTICA
Introdução ao estudo
Da Arte de preparer e pregar sermões

(Pastor Marcos Antonio da Silva)

.Matéria ministrada no Seminário Teológico Shema
da Assembly of God em Hyannis, MA - U.S.A.

_______________________________________________


1. QUAL O SIGNIFICADO DA PALAVRA HOMILÉTICA ...

• (Todos alunos recitam – a definição da Apostila....)

• HOMILOS – multidão, assembléia do povo

• HOMILEU – que é o verbo conversar

• HOMILIA – pequeno discurso

• HOMILETIKE – ensino em tom familiar


2. Por que a pregação era desde o princípio da Igreja em tom familiar...HOMILETIKE...

• Resposta: Os cultos eram nas casas. Soma-se ao fato de muitas vezes – a Igreja se reunir as escondidas devido as grandes perseguições.

• Os moldes de ensino e pregação daqueles dias eram muito diferentes de hoje.

• Quando a Igreja começou a proclamar a Palavra de Deus publicamente – sentiu-se a necessidade por parte dos líderes da Igreja – de se desenvolver o que chamamos de HOMILÉTICA SACRA.


3. QUAIS OS TRES ELEMENTOS QUE FORMAM A HOMILÉTICA SACRA...


• 1ª.) ORATÓRIA
• 2ª.) ELOQUENCIA
• 3ª.) RETÓRICA

1ª.) ORATÓRIA - que é a arte de falar em público
-Existem 5 formas conhecidas:
- A Oratória Academica – nos círculos academicos e universitários
- A Oratória Forense – nas corte e tribunais
- A Oratória Política – nos discursos que tratam assuntos do Estado e do Povo
- A Oratória Popular (desprovida de método que acontece nas ruas, festejos, e nos protestos sociais
- A Oratória Religiosa ou Sagrada – Que busca divulgar a Religião e a Fé através da pregação.

John Broadus: “ A PREGAÇÃO É A CARACTERÍSTICA DO CRISTIANISMO”


2ª.) ELOQUENCIA

- É a capacidade adquirida ou aptidão natural do homem para persuadir, aperfeiçoada ou não pela arte.

- O pregador não deve confundir eloquencia com emoção. Ele deve saber controlar suas emoções, sem porém neutralizá-las.

- Na pregação – a Eloquencia é de grande valor. A Eloquencia não se manifesta apenas pelas palavras, mas também pelo olhar, gestos, postura do pregador

- Eloquencia está interligado com o propósito de persuadir

- Eloquencia é uma palavra derivada do Latim: ELOQUENTIA – que signigica ELEGANCIA NO FALAR.
Obs: - Sobre isto – Convém que se diga que ser um pregador eloquente – não significa:

.Ser um pregador mal educado

.Ser um pregador desreipeitoso

-Ser um pregador gritador

3ª.) RETÓRICA

- Conjunto de Regras relativas a eloquencia; a arte de falar bem.

- A Retórica é conjunto de regras que aprimora a Eloquencia e dá a pregação uma forma primorosa.

- Definição do pastor Elienai Cabral: “ Retórica é o estudo teórico e prático das regras que desenvolvem e aperfeiçoam o talento natural da palavra.

- É possivel um pregador ter boa retórica – e não ter Eloquencia


Observação Importante: QUATRO ELEMENTOS QUE DEVEM SER CLARAMENTE ENTENDIDOS PELOS PREGADORES:

1º.) O TALENTO, A VOCAÇÃO.........................que vem de Deus

2º.) O CONHECIMENTO ADQUIRIDO.......pelo estudo, pesquisa

3º.) A HABILIDADE.......que é a soma do Talento, Dom com o Conhecimento adquirido

4º.) A UNÇÃO DO ESPÍRITO



• ELOCUÇÃO -
1. Boa e elegante enunciação de pensamentos pela palavra.
2. Maneira de se exprimir


• DOIS FATORES QUE DETERMINAM UMA BOA PREGAÇÃO, OU DISCURSO: A VOZ DO ORADOR E SEU VOCABULÁRIO

1º.) PROBLEMAS DA VOZ

A) GAGUEZ ou GAGUEIRA – que se define pela dificuldade de articular as palavras

B) TARTAREIO – que se define em pronunciar as palavras de forma incompleta: tartamudear.

- Imagine um pregador que não pronuncia completamente as palavras (A compreensão fica difícil)

B) BALBUCIENCIA –
- Ela se caracteriza pela morosidade, lentidão em transmitir a mensagem.
Então, o pregador ou orador fica balbuciando. Ele começa a engolir saliva, pigarrear e exprimir-se de forma confusa.

2º.) TIPOS DE PREGADORES COM RELAÇÃO A PROBLEMAS NA VOZ:

A) O PREGADOR RESMUNGADOR
- É aquele cuja voz parece estar enjaulada, porque fala com os lábios fechados ou com os dentes cerrados, dificultando o entendimento das palavras.

B) O PREGADOR GRITADOR
- É o oposto do resmungador. Prega pela garganta. Este tipo de pregador está fadado a perder logo a voz

C) O PREGADOR CANTAROLADOR
- É aquele pregador que a voz é como uma música desafinada.

D) O PREGADOR MONÓTONO
- mono: um - tono: tom
- É o pregador cuja voz só tem uma tonalidade, que normalmente provoca sonolencia no auditório.

E) O PREGADOR DE VOZ DUPLA OU TRIPLA
- Ele no decorrer do discurso vai mudando a tonalidade da voz. Começa no grave...vai pro agudo...

F) O PREGADOR ROUCO
– Um irmão certa vez ao ouvir um pregador desse tipo, disse: Vamos arrumar um Xarope pra este homem!”

G) O PREGADOR PIGARREADOR
- Este tipo de pregador, toda veZ que vai falar precisa, limpar a garganta. Pode ser um tique nervoso...

H) O PREGADOR FANHOSO
- Dá a impressão que ele está se expressando pelas narinas
.......................................................................................

COMPARTILHO AGORA A TÍTULO DE ILUSTRAÇÃO
ALGUMAS MODALIDADE DE PREGADORES AO GOSTO DO PÚBLICO GOSPEL DE NOSSO TEMPO – (da preciosa pena do caro
Pastor Ciro Sanches Zibordi)



• Pregador humorista.
Diverte muito o seu público-alvo. Tem habilidade para contar fatos anedóticos (ou piadas mesmo) e fazer imitações. Ele é como o famoso humorista do gênero stand-up comedy Chris Rock (que aparece na imagem acima). De vez em quando cita versículos. Mas os seus admiradores não estão interessados em ouvir citações bíblicas. Isso, para eles, é secundário.

• Pregador “de vigília”.
Também é conhecido como pregador do reteté. Aparenta ter muita espiritualidade, mas em geral não gosta da Bíblia, principalmente por causa de 1 Coríntios 14, especialmente os versículos 37 e 40: “Se alguém cuida ser espiritual, reconheça que as coisas que vos escrevo são mandamentos do Senhor... faça-se tudo decentemente e com ordem”. Quando ele vê alguém manejando bem a Palavra da verdade (2 Tm 2.15), considera-o frio e sem unção. Ignora que o expoente que agrada a Deus precisa crescer na graça e no conhecimento (2 Pe 3.18; Jo 1.14; Mt 22.29). Seu público parece embriagado e é capaz de fazer tudo o que ele mandar.

• Pregador “de congresso”.
Entre aspas porque existe o pregador de congresso que faz jus ao título. Mas o pregador “de congresso” (note: entre aspas) anda de mãos dadas com o pregador “de vigília”, mas é mais famoso. Segundo os admiradores dessa modalidade, trata-se do pregador que tem presença de palco e muita “unção”. Também conhecido como pregador malabarista ou animador de auditórios, fica o tempo todo mandando o seu público repetir isso e aquilo, apertar a mão do irmão ao lado, beliscá-lo... Se for preciso, gira o paletó sobre a cabeça, joga-o no chão, esgoela-se, sopra o microfone, emite sons de metralhadora, faz gestos que lembram golpes de artes marciais... Exposição bíblica que é bom... quase nada!

• Pregador de congresso agressivo.
É aquele que tem as mesmas características do pregador acima, mas com uma “qualidade” a mais. Quando percebe que há no púlpito alguém que não repete os seus bordões, passa a atacá-lo indiretamente. Suas principais provocações são: “Tem obreiro com cara de delegado”, “Hoje a sua máscara vai cair, fariseu”, “Você tem cara amarrada, mas você é minoria”. Estas frases levam o seu fanático público ao delírio, e ele se satisfaz em humilhar as pessoas que não concordam com a sua postura espalhafatosa.

Pregador popstar.
Seu pregador-modelo é o show-man, e não o Senhor Jesus. É um tipo de pregador admirado por milhares de pessoas. Já superou o pregador de congresso. É um verdadeiro artista. Veste-se como um astro; sua roupa é reluzente. Ele, em si, chama mais a atenção que a sua pregação. É hábil em fazer o seu público a abrir a carteira. Seus admiradores, verdadeiros fãs, são capazes de dar a vida pelo seu pregador-ídolo. Eles não se importam com as heresias e modismos dele. Trata-se de um público que supervaloriza o carisma, em detrimento do caráter.


Pregador contador de histórias.
Conta histórias como ninguém, mas não respeita as narrativas bíblicas, acrescentando-lhes pormenores que comprometem a sã doutrina. Costuma contextualizar o texto sagrado ao extremo. Ouvi certa vez um famoso pregador dizendo: “Absalão, com os seus longos cabelos, montou na sua motoca e vruuum...” Seu público — diferentemente dos bereanos, que examinavam “cada dia nas Escrituras se estas coisas eram assim” (At 17.11) — recebe de bom grado histórias extrabíblicas e antibíblicas.

Pregador cantante.
Indeciso quanto à sua chamada. Costuma cantar dois ou três hinos (hinos?) antes da pregação e outro no meio dela. Ao final, canta mais um. Seu público gosta dessa “versatilidade” e comemora: “Esse irmão é uma bênção! Prega e canta”. Na verdade, ele não faz nenhuma das duas coisas bem.

Pregador massagista.
É hábil em dizer palavras que massageiam os egos e agradam os ouvidos (2 Tm 4.1-5). Procura agradar a todos porque a sua principal motivação é o dinheiro. Ele não tem outra mensagem, a não ser “vitória”, principalmente a financeira. Talvez seja o tipo de pregador com maior público, ao lado dos pregadores humorista, popstar.

Pregador sem graça.
É aquele que não tem a graça de Deus (At 4.33). Sua pregação tem bastante conteúdo, mas é como uma espada: comprida e chata (maçante, enfadonha). Mas até esse tipo de pregador tem o seu público, formado pelos irmãos que gostam de dormir ou conversar durante a pregação.

Pregador chamado por Deus (1 Tm 2.7).
Prega a Palavra de Deus com verdade. Estuda a Bíblia diariamente. Ora. Jejua. É verdadeiramente espiritual. Tem compromisso com o Deus da Palavra e com a Palavra de Deus. Seu paradigma é o Senhor Jesus Cristo, o maior pregador que já andou na terra. Ele não prega para agradar ou agredir pessoas, e sim para cumprir o seu chamado. Seu público — que não é a maioria, posto que são poucos os fiéis (Sl 12.1; 101.6) — sabe que ele é um profeta de Deus. Esse tipo de pregador está em falta em nossos dias, mas não chama muito a atenção das agências de pregadores. A bem da verdade, estas também sabem que nunca poderão contar com ele...

Qual é a sua modalidade preferida, prezado leitor? Você pertence a qual público? E você, pregador, qual dos perfis apresentados mais lhe agrada?

INTRODUÇÃO A DOUTRINA DA TRINDADE

INTRODUÇÃO 'A
DOUTRINA DA TRINDADE
Pastor Marcos Antonio da Silva

Matéria ministrada no Seminário Shema
Brazilian Assembly of God - Hyannis, MA - U.S.A.
_____________________________________________________

CONSIDERAÇÕES :

1ª.) A palavra “TRINDADE” não aparece na Bíblia – nem por isto invalida a realidade de sua eterna existencia..

2ª.) O primeiro a usar o termo “TRINDADE”
– Foi Teófilo de Antioquia no 2º. Século D.C.
Teólogo, escritor cristão apologista e lider da Igreja que, segundo os dados que chegaram até aos dias de hoje, foi o sexto Bispo de Antioquia da Síria

3a.) Tertuliano e Origenes (184 – 254 D.C.) – Trabalharam nos primeiros Estudo da Doutrina da Trindade

4º.) Atanasio – Sem dúvida – Atanásio o renomado teólogo é considerado o pai da ORTODOXIA.
No Credo Atanasiano – ele define a Doutrina da Trindade: “ADORAMOS UM DEUS EM TRINDADE, E A TRINDADE EM UNIDADE, SEM CONFUNDIR AS PESSOAS, SEM SEPARAR A SUBSTANCIA.”


5ª.) Quando estudamos a DOUTRINA DA TRINDADE – devemos ter em mente – tres termos:

a) TRINDADE - Um só Deus (uma só Divindade) em sua triplice manifestação pessoal.

b) TRIUNIDADE – Uma só Divindade – Tres pessoas definidades em perfeita Unidade

c) TRITEÍSMO – A existencia de tres deuses (interpretação erronea)


7º.) PROVAS INCONTESTÁVEIS DA EXISTENCIA DA TRINDADE:

A) A PROVA DAS REFERENCIAS:

• Na Encarnação de Jesus Cristo – Lc 1:35

• No sacramento batismal – Mt 28:19,20

• Na Benção Apóstólica – 2 Co 13:13

• No Batismo de Jesus – Mt 3:16,17

• João fala de tres que testificam no Céu – 1 Jo 5:7

• Jesus ao prometer a Vinda do Espírito Santo
- Jo 14:16

• Mc 12:36 – Observe as 3 Pessoas bem definidas na profecia de Daví

• Gl 4:6.......Ef 2:18........Hb 9:14

• A Trindade e os Dons – 1 Co 12:4-6


B) A PROVA DAS INFERENCIAS:

• A TRINDADE NA CRIAÇÃO – Gn 1:1 “Elohim” (substantivo plural)
- O Pai cria
- O Filho executa cada ato criador – Jo 1:1-3
- O Espírito dá vida a criação e tem o trabalho da ornamentação– Gn 1:2; Jó 26:13

• A TRINDADE NA CRIAÇÃO DO HOMEM
– Gn 1:26...1 Ts 5:23

• A TRINDADE CONVERSANDO APÓS O HOMEM TER PECADO – Gn 3:22

• A TRINDADE E A TORRE DE BABEL – Gn 11:7

• A TRINDADE SENDO LOUVADA PELOS SERAFINS NA VISÃO DO PROFETA ISAÍAS –
Is 6:1-3............Is ¨6:8 “Nós”

• A TRINDADE EM Efésios 4:6

• Ef 4:6 – “e em nós” (O Espírito Santo).............Jo 14:23

• 1 Jo 1:5 “Deus é Luz” - a título de ilustração sobre a Doutrina da Trindade: todo raio de luz é composto por 3 raios:

1º. Raio – o Actínico – que é invisível
2º. Raio - o Luminoso – que é vísivel
3º. Raio – o Calorífico – que produz calor, que não se ve, mas, se sente.

DEUS É LUZ
.O invisivel Pai - 1 Tm 1:17 "Ao Rei Eterno, imortal, invisivel..."
.Pode ser visto no Filho - Jo 14:9 "Quem me ve a mim, ve o Pai..."
.Que nos faz sentir Sua Presença pelo calor do Espírito Santo - At 2:3 "línguas repartidas como que de fogo pousaram sobre cada um deles..."

quarta-feira, 11 de novembro de 2009

Pastor Marcelo Oliveira entrevista o Pastor Geziel Gomes




Supremacia das Escrituras, tem a honra e o privilégio de entrevistar o amado Pr Geziel Nunes Gomes, conferencista internacional, escritor de 40 livros, tendo viajado e realizado cruzadas evangelísticas em cerca de 50 países. Pr Geziel é membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil e Doutor em Teologia.


Antes de começar esta preciosa entrevista, quero agradecer ao Eterno pelo privilégio de conhecer e desfrutar a amizade do Pr Geziel Gomes. Pr Geziel Gomes, deu um voto de confiança a mim, prefaciando meu 1º livro: Os Produtos do Mercador. Sem dúvida alguma, uma honra para minha vida e ministério. Minha gratidão a este ilustre e abnegado homem de Deus.


1) Blog A Supremacia das Escrituras : Pr Geziel, como foi sua conversão ?

Fui agraciado por Deus com o privilégio de haver nascido em um lar evangélico. Sou filho de um homem que foi Ministro de Deus durante 50 anos neste País. Minha conversão ocorreu muito cedo, visto que aos cinco anos já havia lido o NT e foi consolidada com o meu batismo em águas, quando contava o décimo ano de vida.



2) Blog A Supremacia das Escrituras: Pr Geziel, me recordo em uma de nossas conversas, que o sr me disse que começou a decorar as Escrituras aos 5 anos de idade, e com 7 anos já havia lido toda a Bíblia. O sr confirma? Como isso aconteceu?


Como parte da pergunta já foi respondida, acrescendo que meu pai me incentivou desde muito cedo a ler e ler principalmente as Escrituras. Ele me deixou como legado a informação de haver lido a Bíblia cerca de 260 vezes. Leu e marcou. 3 ou 4 de suas Bíblias permanecem comigo e são preciosas relíquias. Na verdade, pouco decorei da Bíblia. Mas muito tenho aprendido. Não existem palavras que possam descrever a extraordinária influência exercida por meu pai em minha vida, incluindo as áreas do temor, da reverência, da determinação e do caráter. Quanto a minha mãe, uma preciosa e fiel serva de Deus, deverá completar seus 90 anos no próximo dia 29 de novembro.


3) Blog a Supremacia das Escrituras: O Eterno tem lhe levado a diversas partes do mundo, para pregar em conferências e cruzadas evangelísticas. Conte-nos sobre as experiências e um momento inesquecível de seu ministério em cruzadas evangelísticas. Em tempo, parece que as cruzadas evangelísticas estão desaparecendo? Ou estou equivocado?


Vejo com profunda tristeza que o verdadeiro ministério evangelístico não está tendo a merecida projeção. Os evangelistas gostam mais de ser “avivalistas”. É relativamente fácil trabalhar com as ovelhas. Difícil é seguir o exemplo do Bom Samaritano e procurar os que estão entre a vida e a morte, à beira do caminho. Tenho saudades dos grandes evangelistas e dentre eles menciona com regozijo a figura ímpar de Bernhard Johnson.
Já não são muitos os que apresentam uma mensagem para os perdidos e ainda menos os que fazem apelos para a salvação dos perdidos, esquecidos de Lc 19.10.
Dentre as muitas Cruzadas que o Senhor me tem permitido realizar, destaco 3: na praça da Estação Ferroviária, em Belo Horizonte; no Teatro Caupolican, em Santiago do Chile e em Accra, capital de Ghana.

4) Blog A Supremacia das Escrituras: Pr Geziel, Deus tem lhe usado para marcar uma geração de obreiros, pastores, pregadores e ensinadores que são frutos do seu profícuo ministério. Como o pastor se sente por influenciar tantas vidas?

Eu nunca terei tempo suficiente nesta vida para agradecer a Deus convenientemente por todas as oportunidades que Ele me tem concedido de Lhe servir. Assim sendo, decidi que usarei a eternidade para tal. Mas estou consciente de que existem muitas outras pessoas que têm feito infinitamente mais que eu. De qualquer forma, a Deus seja a glória.


5) Blog A Supremacia das Escrituras: Em tempos de pós modernidade, como o sr vê a igreja brasileira? Estamos vivenciando um avivamento? A igreja avançou como agência do reino de Deus? Ou estamos vendo crescer um falso evangelho?


Devemos ser gratos a Deus pela expansão de Sua Igreja no Brasil. Mas não podemos perder a visão e a consciência de que a Obra Missionária a ser realizada por nós brasileiros está muito aquém do Avivamento que Dele recebemos. Nossos desafios são imensos. Precisamos urgentemente de um quebrantamento a nível nacional. A falta de união que reina no seio do Povo de Deus está causando muita tristeza ao Espírito Santo. Que essa tristeza não se transmute em náuseas. A liderança precisa de mais humildade. O estrelismo não pode ser nossa marca. E que o Evangelho seja popular, como nos tempos de Jesus, mas não desça ao nível de artigo de liquidação.


6) Blog a Supremacia das Escrituras: Tenho a convicção que muitas mensagens que o sr pregou, de uma forma ou outra, marcaram ou e impactaram milhares de vidas ao redor do mundo. Todavia, gostaria de inverter esta pergunta: Qual foi a mensagem que o sr pregou que marcou profundamente sua vida? Juntamente com esta pergunta, conte-nos uma experiência inesquecível de seu ministério.

Creio que a mensagem que impacta o ouvinte é a que primeiramente impactou o pregador. Aprendi desde cedo que a mensagem que sai da cabeça atinge a cabeça. A que verte do coração do pregador se aloja no coração do ouvinte. Penso que três mensagens foram especialmente marcantes em minha vida: “Calvário e Pentecoste”, pela maneira como Deus trabalhou em minha mente; “Lições da vida de Simão Cireneu”, pela forma como o Espírito me fez recebê-la; e “Os Três Ícones de Deus”, pela surpresa com que Deus me brindou, de torná-la um instrumento de bênção e edificação para milhares, sem que eu jamais sonhasse com tal repercussão. Realmente, até hoje não entendo o que aconteceu.


7) Blog a Supremacia das Escrituras: Quais pastores, biblistas, pesquisadores [autores], que marcaram sua vida e ministério? Cite 5 pessoas e nos explique a razão desta influência sobre sua vida e ministério.


Tenho uma impagável dívida de gratidão para com algumas pessoas que exerceram notável influência em minha vida, em diferentes áreas e dimensões. Permita-me mencionar apenas 6: (1) Pastor Francisco Assis Gomes, meu pai, por me haver literalmente introduzido no caminho da paixão pelas Escrituras; (2) Pr Alcebíades P Vasconcelos, pelo notável exemplo de personalidade marcante, liderança efetiva e espírito empreendedor; (3) Pr Túlio Barros Ferreira, por haver confiado em mim em plena juventude e me haver concedido a honra de sua amizade, sua experiência e seu profícuo labor pastoral; (4) Escritor Emílio Conde, por muitos anos Diretor do Mensageiro da Paz, jornalista, escritor, amigo, incentivador e exemplo de vida; (5) Antonio Gilberto, um teólogo raro, um biblista nato, uma enciclopédia em forma de pessoa, uma amizade puríssima, um homem além de seu tempo; (6) Morris Cerrullo, por haver sido usado por Deus para “despertar o dom de Deus” e introduzir-me na dimensão de evangelismo e de milagres, que mudou a minha vida para sempre.


8) Blog A Supremacia das Escrituras: O sr em breve completará 50 anos no sagrado ministério. Portanto, uma longa estrada percorrida, com muitas experiências, dores, decepções, angústias, mas sobretudo, com esplêndidas vitórias. Quais conselhos o sr pode deixar para nossa geração?


(1) (1) Ninguém sabe a porção de tempo que envolverá a sua caminhada, por isso deve aproveitá-la bem.

(2) (2) Ninguém poderá jamais competir com Deus, logo desde cedo cada um deve trilhar o caminho da humildade e da submissão.

(3) (3) Ninguém que se vinga dos seus inimigos é feliz interiormente; mas são totalmente felizes os que perdoam e continuam sua missão.

(4) (4) Ninguém deve ignorar que apenas uma Pessoa no plano de Deus veio ao mundo para ser famosa e já cumpriu Sua missão, Lc 4.14; que nos baste sermos bem sucedidos.

(5) (5) Ninguém alcançará sucesso como pregador se não acreditar e viver aquilo que prega.

(6) (6) Ninguém se esqueça: glorificar a Deus hoje é a receita para ser usado por Ele amanhã.

(7) (7) Finalmente, ninguém sente necessidade de estrelas quando o sol brilha no horizonte. Nota: Propositadamente, todos os itens iniciam a palavra ninguém. Sempre seremos ninguém se nossa vida não for controlada pelo grande ALGUÉM.


9) Blog A Supremacia das Escrituras: Pr Geziel, fique a vontade para falar dos projetos que Deus tem colocado em seu coração. Sinta-se a vontade.


Caro Marcelo, obrigado pela oportunidade desta entrevista. Creio no seu futuro e no seu ministério. Prossiga. Aproveito o espaço para informar aos diletos freqüentadores e leitores desta página que a partir do segundo semestre de 2010 começaremos a reestruturar o ITMT (Instituto de Treinamento para Missões Transculturais) e o SENEP (Seminário Nacional de Evangelismo Pleno). Também estamos lançando os fundamentos para o Seminário ALCANÇANDO A EXCELÊNCIA NO MINISTÉRIO, a ser ministrado na região de Campinas, SP.


Por último, felicito-o por este blog e informo que estou lançando o blog paonossodecadadia. Como o nome indica, diariamente haverá uma pérola da Escritura: roteiros de sermões, curiosidade, sementes, pensamentos, etc. O Senhor te abençoe e te guarde, Marcelo. “Cumpre o teu ministério”.


10) Blog A Supremacia das Escrituras: Pr Geziel, diga-nos também uma palavra sobre sua linda família, (esposa, filhos) pois tenho ouvido falar que há alguns dos seus filhos no ministério?

Sim, Caro Marcelo, Deus me deu o privilégio de casar-me com a filha de um pastor, o saudoso pastor Moisés Moreira de Oliveira, do Rio de Janeiro. Minha esposa é a Pastora Maura. somos casados há 49 anos e 11 meses. Deus nos deu 6 filhos e cmpriu e exatamente o que prometeu: todos foram ordenados ao Ministério do Evangelho. Temos, agora, 12 netos e 1 bisneta. A Deus seja a glória.



Visite o blog do Pr Geziel Gomes:



http://prgeziel.blogspot.com/

sábado, 7 de novembro de 2009

VINTE E SEIS INTERCESSORES E VINTE SEIS ANJOS DE DEUS

Durante as férias na sua pátria, um missionário americano contou à sua igreja a seguinte experiência:

A cada 2 semanas, vou de bicicleta à cidade para fazer compras. Não há muito tempo, eu me dirigi à cidade e, como sempre, quis levantar dinheiro do banco para comprar medicamentos e outras coisas.
Quando cheguei vi dois homens que lutavam entre si. Um foi ferido seriamente, e assim o tratei e lhe falei de Jesus.

Após ter comprado aquilo de que necessitava, parti para realizar a minha viagem de regresso à base ao longo de dois dias, dormi na selva e cheguei a casa salvo.
Quando refiz a viagem duas semanas mais tarde, o jovem homem que eu tinha tratado veio ter comigo e me disse:
- Há duas semanas, eu e alguns amigos meus o seguimos dentro da selva. Nós sabíamos que você dormiria na selva, e tínhamos decidido matá-lo e roubar-lhe o dinheiro e os medicamentos. Justamente quando estávamos para invadir o seu acampamento, nós notámos 26 guardas armados’.
Eu comecei a rir, e lhe disse que eu não podia levar nenhum guarda comigo, assim eu estava completamente sozinho, mas não consegui convencê-lo.
Todos os meus amigos viram os homens, e nós todos os contámos. Nós tivemos medo dos guardas, por isso não o atacamos’.

Assim que o missionário disse isto, um homem na igreja levantou-se, interrompendo o relato para perguntar quando o facto tinha exactamente acontecido. O homem então explicou:
- Quando isso estava a acontecer de noite em África, aqui era de manhã. Eu tinha programado jogar um pouco de golf, mas de repente senti um tal peso para orar por você que chamei outros homens para orar comigo aqui na igreja. Querem aqueles que oraram comigo pôr-se de pé?
O missionário ficou maravilhado ao ver quantos eram; 26, exactamente o número dos anjos que o tinham protegido.

"Não são, porventura, todos eles espíritos ministradores, enviados para servir a favor daqueles que hão de herdar a salvação..."(Hebreus 1:14)

Pastor Marcos Antonio

SALMO 23 EM MINEIRËS

SALMO 23 EM "MINEIRÊS"!!!


Enviado pelo meu querido amigo
Reverendo Eliel Amaral Soares
Titular de Assembléia de Deus em Los Angeles - California - U.S.A.
_________________________________

"O sinhô é meu pastô e nada há de me fartá
Ele me faiz caminhá pelos verde capinzá
Ele tamém me leva pros corgos de água carma
Inda que eu tenha qui andá
nos buraco assombrado
lá pelas encruzinhada do capeta
não careço tê medo di nada
a-modo-de-quê Ele é mais forte que o “coisa-ruim”
Ele sempre nos aprepara uma boa bóia
na frente di tudo quanto é maracutaia
E é assim que um dia
quando a gente tivé mais-pra-lá-do-qui-pra-cá
nóis vai morá no rancho do sinhô
pra inté nunca mais se acabá...
AMÉIM "